Delegando tarefas com mais eficiência

Foto_01

A sua empresa está crescendo e se tornou impossível fazer tudo sozinho. Chegou a hora de delegar tarefas. Confira algumas dicas para ser eficiente.

Por um segundo respire profundamente e se lembre do momento em que decidiu abrir a sua empresa, qual foi a sensação que sentiu quando assinou o primeiro projeto?


Já passei por isso e posso afirmar que abrir o próprio negócio é uma decisão corajosa e tenho certeza que foram muitos e muitos dias se planejando.

Após alguns meses a empresa cresce, novos projetos aparecem e logo você está acumulando inúmeras horas de trabalho, mesmo relutando percebe que é impossível fazer tudo sozinho, chegou a hora de delegar, mas como?

Grande parte dos empresários sentem dificuldade nesta hora, se algum erro acontecer, calma, ele pode ser corrigido. Fizemos uma lista com os 3 principais erros que são cometidos no momento de delegar uma atividade.

1 – Relação hora trabalho
No início estamos empenhado em produzir a todo momento para fazer a nossa empresa crescer, dedicamos horas e horas até perder o controle do valor da nossa hora de trabalho. Mas como fazer?

Para realizar o cálculo do valor da sua hora de trabalho, tenha em mãos a quantidade de horas e a sua renda anual, vamos lá?

Multiplique a quantidade de horas trabalhadas pela quantidade de dias na semana:
9 horas por dia x 5 dias da semana = 45 horas

Agora multiplique a quantidade de horas pela quantidade de semanas em um ano:
45 horas x (em 2017 teremos 52 semanas) = 2.340

Divida a sua renda anual pelo resultado acima (supondo que sua renda anual é R$ 220.000)
R$ 220.000 ÷ 2.340 = R$ 94,01 por hora

Este é o seu valor, com ele em mãos fica mais fácil realizar a comparação entre as suas atividades que podem ser delegadas e o valor cobrado por um profissional terceirizado. Lembre-se que delegando tarefas, você terá a possibilidade de assumir atividades com maior impacto, que irão estimular o crescimento da sua empresa.

2 – Ninguém faz melhor do que você
Já dizia o ditado popular “o olho do dono engorda o gado”, é normal que a maioria dos gestores queira manter o controle de todos os processos, afinal você desenvolveu por muito tempo quase todas as atividades da empresa, mas muito cuidado, não subestime sua equipe.

Comunique de maneira clara o que você quer, determine quais serão os relatórios e o período para serem divulgados. Defina prazos desafiadores, mas realistas, que permitam ao funcionário realizar suas atividades sem ficar desperdiçar muito tempo preenchendo inúmeros relatórios e dando feedbacks constantemente. Permita que o funcionário tenha autonomia necessária para a realização de tarefas e tomada de decisões.

A sua equipe pode não desempenhar 100% do que você espera, como líder estimule a equipe como um jardineiro rega uma horta.

3 – Demonstrar a importância da tarefa proposta
Ao delegar tarefas, é comum explicar apenas como esperamos que sejam realizadas, temos claramente a importância da tarefa, mas esquecemos de compartilhar a sua importância para o desempenho da empresa.

Esteja aberto a entender a visão do funcionário, de espaço para ele desenvolver a tarefa, desse modo além de motivar, você poderá inovar os processos internos.

Inicialmente a sensação que você vai levar mais tempo delegando tarefas do que fazendo será maior mas, não é bem a realidade. Se você quer atingir um nível mais alto para a sua empresa e conseguir assumir compromissos fundamentais para o crescimento é fundamental que desenvolva a habilidade de delegar. Quanto antes fizer, mais cedo impulsionará seus resultados, conheça!

Se esta dica foi útil para você, compartilhe e ajude a divulgar essa informação!

Join the Discussion

Comments are closed.